Pesquisas - José Antonio Luciano Rodrigues (UNESP/FCLAs)

Iniciação Científica

Verbivocovisualidade: a concepção de linguagem na filosofia bakhtiniana

José Antonio Rodrigues Luciano, 2017


 

A pesquisa tem o intuito de investigar a concepção de linguagem proposta na filosofia dos estudiosos denominado Círculo de Bakhtin a partir das obras, traduzidas do russo para a Língua Portuguesa, Questões de Estilística no Ensino de Língua (2015) e Teoria do Romance - A Estilística (2013), ambas com autoria de Mikhail Bakhtin. Para referido estudo, tomamos a noção de enunciado para o pensamento bakhtiniano, identificamos a forma que é concebido a partir de conceitos advindos de outras linguagens, por exemplo, musical e das artes plásticas (entonação, voz, arquitetônica, entre outras) e analisamos como essas concepções são utilizadas metaforicamente para pensar a linguagem em sua tridimensionalidade verbivocovisual, conforme Paula denomina. As obras do Círculo, portanto, constituem, ao mesmo tempo neste projeto, tanto o corpus quanto a fundamentação teórica, pois utiliza o método dialético-dialógico, que considera objeto de pesquisa em relação outros enunciados, neste caso, relacionamos as obras em estudo com os demais textos bakhtinianos e também os conceitos, usados pelos teóricos russos, com suas respectivas linguagens. Desse modo, ao compreender a concepção de linguagem bakhtiniana, o objetivo é refletir a potencialidade de alargamento da teoria para servir de aporte teórico para análises de enunciados que vão além da materialidade verbal, como as materialidades vocal/sonora, visual ou ainda sincrética.


 

 

Orientadora: Luciane de Paula

foto de fundo (1).jpg
foto de fundo (1).jpg

press to zoom
foto de fundo (1).jpg
foto de fundo (1).jpg

press to zoom
1/1
PROJETO

Iniciação Científica

Verbovocalidade: concepções musicais nas obras do Círculo de Bakhtin

José Antonio Rodrigues Luciano, 2016

 

A pesquisa volta-se para o estudo das obras do Círculo de Bakhtin, traduzidas para o português diretamente do russo, e verifica a recorrência de conceitos musicais, tais como voz, entoação, polifonia, dentre outros na formulação e delimitação da  filosofia da linguagem bakhtiniana. 

Desse modo, o trabalho busca compreender a noção de palavra para Bakhtin e se as concepções utilizadas são devem ser interpretadas de maneira apenas metafórica ou podem concebidas como um potencial instrumento teórico-analítico de enunciados verbivocovisuais, especialmente, os voltados à esfera musical (canção, videoclipe, música). Assim, os próprios escritos bakhtinianos, além de fundamentação teórica, tornam-se também o próprio corpus a ser analisado

 

 

 

Orientadora: Luciane de Paula

Foto de capa- Toninho.jpg
Foto de capa- Toninho.jpg

press to zoom
Foto de capa- Toninho.jpg
Foto de capa- Toninho.jpg

press to zoom
1/1