Imagem capa.jpg
Imagem capa.jpg

press to zoom
Imagem capa.jpg
Imagem capa.jpg

press to zoom
1/1

Doutorado

A trilogia Cinquenta Tons: Análise discursiva de um fenômeno transmidiático 

Bárbara Melissa Santana, 2017

 

Esta pesquisa se propõe a analisar a recepção da trilogia “Cinquenta Tons” a partir da perspectiva dialógica dos estudos discursivos, com base nos estudos do Círculo de Bakhtin e os conceitos bakhtinianos de sujeito, diálogo, enunciado, gênero, signo ideológico entre demais noções. Há como objetivo refletir dialogicamente sobre a recepção desse fenômeno transmidiático, tendo em vista a construção e mobilização de estereótipos de gênero feminino e masculino na trilogia, a relação desses estereótipos retratados na obra com o contexto sociocultural de produção. A pesquisa, de caráter qualitativo, será elaborada em etapas de interpretação, descrição e análise.

 

 

 

Orientadora: Luciane de Paula

 Pesquisas - Bárbara Melissa Santana (UNESP/FCLAr)

TESE

Mestrado

La Majoritée Oprimée: ironia e inversão na crítica a imagens de feminino e masculino

Bárbara Melissa Santana, 2016

 

Este trabalho se volta à análise discursiva do curta metragem francês La Majorité Opprimée, dirigido por Eleonore Pourriat e lançado da rede social Youtube em 2010. A obra selecionada como corpus dessa pesquisa explora as relações entre os gêneros masculino e feminino a partir da inversão das performances de gêneros na sociedade contemporânea. A inversão que embasa a narrativa critica e ironiza a desigualdade de gêneros naturalizada nessas relações no mundo contemporâneo, em específico, a sociedade francesa do século XXI. Ao destacar a inversão e a ironia da obra como objetos de análise, nos aprofundamos no estudo dos estereótipos de feminilidade e masculinidade representados em La Majorité Opprimée, bem como nos voltamos à análise da crítica ao patriarcado que é feita no curta a partir da inversão das performances de gênero. O aprofundamento dessas questões leva em consideração a constituição histórica dos gêneros masculino e feminino, que se articula, ao longo do texto, com a contextualização dos sujeitos masculino e feminino sob um olhar cultural ao longo da história.  O trabalho se fundamenta nas materialidades verbovocovisuais que compõe o enunciado em questão, com base teórica nos estudos do Círculo de Bakhtin sobre enunciado, signo ideológico, sujeito, dialogia e gênero discursivo. A partir do arcabouço teórico bakhtiniano, olhamos para os sujeitos semiotizados na obra como representações dos sujeitos feminino e masculino do mundo contemporâneo e os entendemos como construções sociais e históricas, aspecto que se constitui como fio condutor do trabalho

 

 

 

 

Orientadora: Luciane de Paula

projeto
projeto

press to zoom
projeto
projeto

press to zoom
1/1

Iniciação Científica

Ecologicamente ideológico: a ideologia da sustentabilidade nos discursos da Natura

Bárbara Melissa Santana, 2013

 

 Este projeto propõe refletir sobre a temática da sustentabilidade como um artifício relacionado a uma estratégia de persuasão dos sujeitos (eu – marca/Natura / outro – consumidores e leitores, respectivamente) e destaca a contradição inerente ao discurso “ecologicamente correto”, problemática existente no discurso da empresa de cosméticos Natura. Com o objetivo de analisar a trama que compõe o cenário em que se calca o aspecto ideológico de tal discurso e refletir acerca do discurso “verde” das campanhas publicitárias que compõem o corpus deste projeto, propõe-se, aqui, a efetuar tal pesquisa a partir dos estudos do Círculo de Bakhtin, mediante os conceitos de signo ideológico, gênero e discurso. 

 

Pesquisa apoiada pela Fapesp

 

Orientadora: Luciane de Paula

Imagem2.png
Imagem2.png

press to zoom
Imagem2.png
Imagem2.png

press to zoom
1/1