Pesquisas - Laura Pereira Teixeira (UNESP/FCLAr)

Mestrado

 

Bem barbiezinha...fascista: análise bakhtiniana de vozes sociais sobre mulheres

 

O presente projeto propõe analisar a constituição irônica de uma imagem de mulher construída em enunciados veiculados pelas páginas intituladas “Barbie Fascista” e “Barbie e Ken Cidadãos de Bem”, do Facebook. A fundamentação teórica se baseia nos estudos bakhtinianos, especificamente, nas concepções de linguagem, diálogo, sujeito, signo ideológico e vozes sociais. O método dialógico de análise se pauta no cotejo com outros enunciados, dessas e de outras esferas e gêneros. O objetivo é refletir e compreender a construção enunciativa da ironia por inversão, utilizada como forma de questionamento e ridicularização de um tipo social de mulher considerada abastada e com um posicionamento político conservador, alienado e de direita. Os resultados se voltam à reflexão acerca não apenas da compreensão das imagens de mulher construídas nessas páginas, mas também acerca do papel e da noção de mulher neste momento histórico, que é designada “bela, recatada e do lar” e é, ao mesmo tempo, fascista em seus posicionamentos políticos. A contribuição desta proposta se volta a um estudo que busca compreender quem é essa “cidadã de bem” brasileira e sobre o que é ser mulher nessa “nova era” bolsonarista.

 

Orientadora: Luciane de Paula

Pesquisa - Laura.jpg
Pesquisa - Laura.jpg

press to zoom
Pesquisa - Laura.jpg
Pesquisa - Laura.jpg

press to zoom
1/1