24 A 26 DE ABRIL DE 2018

FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS

UNESP ASSIS

Conferência: “As contribuições dos estudos bakhtinianos para a Educação no Brasil: entre políticas públicas e práticas escolares”

Ao refletir sobre as contribuições de Bakhtin e o círculo para a Educação no Brasil, importa, em primeiro lugar, discutir como determinados conceitos, categorias ou reflexões têm tomado parte em diferentes áreas, quer nos estudos linguísticos, quer em outras áreas das Ciências Humanas e mesmo das Ciências da Saúde. Temas como dialogia, interação, alteridade,

autoria, polifonia, plurilinguismo, e ainda, no que concerne ao ensino de línguas, os afamados gêneros do discurso, para citarmos apenas alguns daqueles que têm de algum modo composto estudos nessas diversas áreas. Tais temas elaboram-se no pensamento bakhtiniano a partir de uma concepção de linguagem que se tece a partir da compreensão de que a sua origem e desenvolvimento se encontram na organização sócio-cultural, política, histórica e econômica da sociedade, constituindo-se, em resultado da atividade humana coletiva e, portanto, de natureza social. Neste recorte, para refletirmos como esse pensamento passa a tomar parte do campo da educação no Brasil, inicialmente traçamos um breve levantamento sobre os modos de como estes temas tem sido apreendidos e ressignificados no contexto educacional. A seguir, discutimos as implicações que essas ressignificações têm representado no âmbito das políticas públicas para a educação e alguns de seus desdobramentos para as práticas escolares.

Convidada: Claudia Graziano Paes de Barro (UFMT)

É doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Possui pós-doutoramento em Educação pela Universidade de Lisboa, com a investigação sobre ''Teorias do Discurso Aplicadas à Educação'' e pós-doutoramento pelo Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Lisboa, com investigação sobre ''Ensino-aprendizagem de leitura e escrita no Brasil e em Portugal''. Docente Associado do Programa Pós-graduação em Estudos de Linguagem e do curso de Letras da Universidade Federal de Mato Grosso. Atuou como parecerista em diversas edições do Programa Nacional do Livro didático (PNLD) Tem experiência na área de Linguística Aplicada, com ênfase em Ensino de Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: (Multi)letramento(s), letramento crítico, gêneros discursivos e desenvolvimento profissional docente. É líder do Grupo de Pesquisas " Estudos Linguísticos e de Letramento" (CNPQ) em que se desenvolvem os Projetos de pesquisa e extensão universitária ?Investigando o(s) Letramento(s): um estudo crítico-dialógico de discursos e práticas escolares.O Grupo de Estudos Linguísticos e de Letramento que lidera faz parte da "Rede de estudos da Língua Portuguesa ao redor do mundo", que objetiva produzir e recrutar conhecimento descritivo do português com vias a oferecer subsídios para o ensino e a promoção (e valorização) do português em contexto nacional e internacional.

Copyright © 2016 GED