24 A 26 DE ABRIL DE 2018

FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS

UNESP ASSIS

Conferência: “A concepção bakhtiniana de linguagem: raízes filosóficas”

No domínio dos estudos que se dedicam às interlocuções e fontes da obra de M. Bakhtin, este trabalho examina a obra bakhtiniana à luz do pensamento de G. Simmel e E. Cassirer. A reflexões de Bakhtin mostram uma convergência de domínios semelhante a que se encontra nas obras dos dois pensadores: a conjugação entre o neokantismo e a filosofia da vida. O reconhecimento desse domínio filosófico particular esclarece tanto as críticas bakhtinianas ao teoricismo – presentes desde os primeiros trabalhos –, quanto a proposição da linguagem dialógica e da noção de gêneros do discurso.

Convidada: Renata Marchezan (UNESP - FCLAr)

Professora do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da UNESP, câmpus de Araraquara, com Mestrado em Letras, pela mesma Universidade, Doutorado em Linguística, pela USP-Universidade de São Paulo, e Pós-Doutorado, pela University of Sheffield. Seus interesses de pesquisa e suas publicações situam-se nos domínios do dialogismo e da semiótica. Coordena o slovo-Grupo de estudos do discurso, no âmbito do qual desenvolve, atualmente, duas frentes de estudo do pensamento bakhtiniano: uma que examina suas fontes com vistas a uma verticalização dos conceitos; a outra que busca desdobrá-lo em práticas de análise discursiva.

Copyright © 2016 GED